Category Archive: 6.1. Expert em DM1

DM Tipo 1

Torne-se um EXPERT em seu diabetes…
Para isso, você deve aprender tudo sobre sua doença e como se tratar.
……
conheça seus sintomas, saiba porque e como deve se tratar!
Se você quer algo bem feito, faça você mesmo!”
Só assim terá uma vida normal, longa e feliz!.

  • DM TIPO 1? VOU PRECISAR USAR INSULINA?  Sim,  o DM tipo 1 acontece quando o pâncreas produz quantidade insuficiente de insulina para controlar o açúcar no sangue (glicemia). A tendência natural é que ele não produza nada de insulina, de modo que o tratamento do DM1 consiste em REPOR INSULINA AO LONGO DO DIA, a fim de manter os níveis de GLICEMIA NORMAL.
    • Antes de ter diabetes, seu pâncreas (“máquina de produzir insulina”) funcionava automaticamente, de acordo com o que você comia, se exercitava e em momentos de stress.
    • Agora, após o diabetes, você precisa “ouvir os sinais do seu corpo” e dar a insulina para você mesmo de acordo com a necessidade.
  • COMO VOCÊ FICA DOENTE DE DIABETES TIPO 1?
    • DM1 é uma doença AUTOIMUNE. Por razões desconhecidas, o nosso corpo começa a PRODUZIR ANTICORPOS CONTRA O NOSSO PRÓPRIO PÂNCREAS (células beta), levando à sua destruição e parada de produção de insulina.DM1 autoimune
      • O processo autoimune é um “engano” do nosso corpo... ele ataca as suas próprias células porque pensa que elas são “estranhos ou invasores”…… e pode acontecer em outras doenças (ex. tireoidite de hashimoto e lupus).
  • PORQUE ACONTECE? 
    • Não existe uma causa 100% conhecida. Alguns estudos sugerem que haja um ativador diabetogênico e/ou exposição a um antígeno diabetogênico. Pode ser devido a fatores ambientais (alguns países diferentes têm mais casos de DM1), exposição a alguns vírus (Ex. rubéola e coxsackie) e até algumas drogas (ex. alguns venenos de rato) podem “induzir” a produção de anticorpos contra as células beta do pâncreas. Porém, não há confirmação exata da ação desses “estímulos”.
  • QUAL O OBJETIVO DO TRATAMENTO COM INSULINA?
    Como foi dito, SE O SEU PÂNCREAS NÃO PRODUZ INSULINA, PRECISA RECEBÊ-LA DE OUTRA FORMA. Isso é feito através de uma ou várias “injecções” de insulina por dia,  a fim de “manter normal” o açúcar no seu sangue (glicemia).
  • Tem de ser INJEÇÃO?  Infelizmente, a única forma de tratamento eficaz com insulina é por injeção. Foram tentadas outras formas (via inalatória/spray ou oral/comprimido), mas não conseguimos ainda um bom resultado. O estudos continuam….
  • EXISTEM TIPOS DIFERENTES DE INSULINA? (clique aqui >> Tudo sobre Insulinas)Pilares do DM
  • COMO TER SUCESSO NO TRATAMENTO DO DIABETES?  Embora não haja cura definitiva ainda, o bom controle dos níveis de glicemia próximo do normal garante ao portador de diabetes uma vida longa e saudável, sem as complicações da doença.
    • Para isso, você precisa garantir os 4 PILARES DO TRATAMENTO do diabetes:
      1. Alimentação Saudável, com horários regulares e sem açúcar;
      2. Uso regular de Insulina conforme orientado pelo seu médico Endocrinologista;
      3. Controle (automonitorização) da Glicemia diariamente (várias vezes ao dia);
      4. Exercício físico regularmente (3-4 x por semana).
  • QUE OUTROS CUIDADOS OS PAIS DE PACIENTES DIABÉTICOS DEVEM TER?
    1. De forma natural e sempre envolvendo a criança nas tomadas de decisões, o controle da glicemia capilar deve ser incorporadas na rotina da criança. Aos poucos, a criança percebe a importância do controle da glicemia e passa a entende a real utilidade no controle da sua doença.
    2. Além disso, os pais devem sempre ficar atentos em manter uma frequência nas consultas médicas (cada 3 meses) para saber se a criança está com uma velocidade adequada de aumento de peso e altura e também para ajustes na dose de insulina, que varia de acordo com as fases do desenvolvimento. Por exemplo, na adolescência, o aumento das doses de insulina pode chegar até 50%, e isso precisa ser monitorado de perto.
    3. Também é de fundamental importância o acompanhamento psicológico da criança e da família, e deve ser feito desde o princípio. Existe o processo inicial de negação, seguido da contemplação e a aceitação da doença, que podem voltar a ser questionadas.
    4. Além disso, os pais devem evitar a superproteção e a discriminação. A criança com diabetes deve ser tratada como qualquer outra criança, com direito a ir para a escola, brincar com os amigos, fazer esportes e tudo mais, PORÉM COM OS CUIDADOS DEVIDO AO DIABETES. 
    5. EDUCAÇÃO FAMILIAR E DA PRÓPRIA CRIANÇA sobre o diabetes facilitará a aceitação e o bom controle da doença.
    6. Tentem fazer a integração da criança com outras crianças que também têm diabetes, por meio de encontros, associações e acampamentos.

    Em nosso Estado, temos o apoio da ADIP- Associação de Diabeticos do Piauí. Parentes, amigos e simpatizantes são sempre bem-vindos.
    Entre em contato com a equipe da ADIP:Twitter: @adipiaui / Facebook: ADIP

    Email: adipiaui@gmail.com / Telefone: 9452-1016 e 9452-1016

    “DIABÉTICO É QUEM NÃO CONSEGUE SER DOCE”

    (MÁRIO QUINTANA)